quarta-feira, 18 de junho de 2014

Dragon Boat Festival

No início de junho, aqui na China, acontece o Festival do Barco do Dragão. No quinto dia, do quinto mês do ano (segundo calendário deles e não o nosso ocidental!) é celebrado o Dragon Boat Festival. Nesse dia são realizadas por todo o país inúmeras corridas de barcos, todos muito enfeitados, e tradicionalmente se prepara e come o Zong Zi, uma espécie de pamonha feita de arroz.

O motivo para a corrida de barcos e comer Zong Zi tem uma excelente explicação e é uma tradicão que remonta mais de 2200 anos!

A festa Duan Wu (Duan significa "início"e Wu "cinco" em referência a data da festa) já era um costume antigo em 277 a.c. quando, durante uma celebração, o Reino Chu foi ocupado pelas tropas do Reino Qin. O famoso e respeitado poeta da época, Qu Yuan, não suportando ver seu reino ocupado por tropas inimigas se jogou no rio Mi Luo.

Deu início então a uma intensa busca de barcos para tentar encontrar e salvar o poeta. Seu corpo nunca foi achado e para evitar que os animais o comessem, seus admirados atiraram zong zi para servir de comida para os peixes.

Até hoje, o Zong Zi e as corridas de barcos são a forma de celebrar a data e homenagear o poeta ainda lembrado e admirado.

O poeta Qu Yuan nasceu 340 a.c. e até hoje é aclamado. Sua obra mais famosa, "Ode à Laranjeira" é uma referência à sua terra natal, uma zona produtora de laranjas.

O Zong Zi é uma pamonha, envolta em folha de bananeira, feita de arroz glutinoso e recheada dos mais diferentes tipos de carnes, vegetais e grãos, que variam de acordo com a região do país.

A corrida de barcos pode acontecer em qualquer lugar desde rios, lagos e canais. Os barcos são lindamente enfeitados, normalmente com adereços que lembram dragões.

Nesse ano, comi na casa de uma amiga um zong zi delicioso recheado de camarão, um sonho! Aqui está ele, feito em casa, uma delícia! Tem as versões compradas prontas, mas não são tão boas. Além de você sempre correr o risco de vir com um tempero forte e indesejado.


terça-feira, 3 de junho de 2014

Investigando Shanghai

Sei o quanto vocês gostam de ver fotos do dia-a-dia, da vida aqui na China, dessa forma muita coisa é desvendada, desmistificada. Pensando nisso, saí para fazer umas comprinhas, para almoçar e aproveitei para tirar muitas, muitas fotos.

Fotografei tudo na rua, até telefone e banheiro público


Os banheiros públicos são muito comuns por aqui. Herança da época em que as casas não tinham banheiros!

Tudo limpinho e organizado, a cara de Shanghai!


Banca de jornal




As famosas esculturas verdes espalhadas pela cidade
 

Os prédios em reforma ou em contrução são cercados de cercas-vivas com mosaicos de diferentes plantas. Chamam tanta atenção que ninguém liga para o lado feio da construção!




Os postes decorados com flores

 




 O metrô


Yu yuang garden com suas típicas lojinhas de souveniers









Tanta coisa linda para comprar. Turista fica enlouquecido quando chega aqui!





































E no final de tudo um almoço com amigos no Latina para comer comida brasileira!