sábado, 14 de dezembro de 2013

Receita de comida chinesa: jiaozi

O Minha Casa no Mundo não virou blog de culinária, mas nada mais envolvido com a cultura de um povo que a comida. No Brasil as pessoas tem uma idéia TOTALMENTE equivocada do que é a culinária chinesa. O que comemos nos restaurantes chineses, no Brasil, ou pelo menos na maioria deles, é apenas uma breve inspiração da comida da China.

Para começar a esclarecer esse assunto, eu trouxe, direto da minha cozinha, uma receitinha de um prato típico chinês, o JIAOZI (餃子). E a cozinheira é a minha querida ayi, uma chinesa original!

O jiaozi é uma espécie de pastelzinho cozido muito parecido com o guioza japonês. Ele pode ser servido somente cozido na água ou, após o cozimento, pode grelhar, que vai ficar igualzinho ao guioza.

A massa é feita de farinha de trigo, água e sal. Nada de ovo, nem de leite. O recheio pode ser de uma infinidade de coisas: carne, camarão, vegetais, porco, etc. O mais comum, sem dúvida é o de porco, e foi esse que a ayi preparou.

Tirei umas fotos enquanto ela cozinhava para ficar mais fácil de entender e no final tem um vídeo para quem quiser se arriscar a fazer em casa. O vídeo saiu sem fundo musical, em substituição deixei rolar a conversa da ayi com minha filhinha, em chinês. Ficou mais natural e com clima de cozinha! (P. S.: o vídeo está pronto, mas não coloquei nesse post porque o youtube simplesmente resolveu não funcionar! Assim que conseguir eu coloco no blog.)

Esse aqui é o recheio: carne de porco moída, cebola  picada, um ovo e muita cebolinha!


Essa é a massa feita de farinha de trigo, água e sal. Faz umas tirinhas e vai cortando em pequenos pedacinhos. Fica parecido com o nhoque.


Em seguida amassa cada bolinha com o rolo de massa formando um disquinho superfino.



Depois é só rechear e fechar o pastelzinho dando o formato de uma trouxinha.

Estes estão crus. Eles podem ser cozidos em água fervente simplesmente ou depois de cozidos podem ainda ser grelhados que ficam ainda mais gostosos. Dá para congelar os jiaozis crus e usá-los aos poucos.

Não coloquei fotos deles cozidos ou grelhados porque esses foram todos para o congelador.

Essa aqui é a responsável por esse post delicioso!