sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Turkish Delights



Depois de alguns posts sobre o mais famosos dos doces chineses, o moon cake, chegou a vez dos doces da Turquia. Sim, a nossa viagem por Istambul ainda não terminou!

Não é à toa que os doces turcos são mundialmente famosos. Além de deliciosos eles surgem em uma variedade incrível, espalhados pelas inúmeras lojas na cidade e simplesmente derretem o cérebro de quem é formiga igual a mim!

O grande barato dos doces turcos é que os ingredientes usados no preparo deles é bem diferente dos nossos, o que nos dá vontade de experimentar todos eles para descobrir o que mais eles conseguem inventar. Para mim a maior descoberta foi o doce de rosas. Maravilhoso!!!!!

A variedade também é um outro ponto positivo. São tantas as opções que é impossível, mesmo aos mais avessos a doces, não encontrar algum para se derreter por ele! Existem diversos tipos, entre os mais famosos, estão o lokum, conhecido como turkish delight, que parece uma jujuba, só que bem maior e muito, muito menos doce. Além disso, ele é também mais sofisticado que a jujuba, pois normalmente eles não são feitos puramente com xarope, açúcar e corante. Os lokuns levam mel, pistaches, castanhas e frutas como o limão, laranja, cranberry, frutas vermelhas e rosas.

Existem também os doces mais parecidos como uma sobremesa de restaurante, entre eles a tradicional baklava. É um doce folheado com várias opções de recheios, normalmente misturando ingredientes crocantes e macios. Os de pistaches são os mais populares.

Outra opção são uns que parecem um torrone. Mas nem de longe tão doces quanto. E possuem muito mais castanha, nozes e pistaches do que o seu concorrente italiano.

Devo ter engordado uns dois quilos na viagem, pois todo dia tinha doce turco de sobremesa!

terça-feira, 24 de setembro de 2013

ZhuJiaJiao - A Veneza de Shanghai

No final de semana fiz uma viagem curtinha, de carro, para uma cidade histórica aqui no subúrbio de Shanghai, Zhujiajiao.

Com uma história de mais de 1700 anos, Zhujiajiao, ou também chamada de Riacho das Pérolas, é uma charmosa e antiga cidade onde as ruas são rios e os carros foram substituídos por barcos.

Entrar em Zhujiajiao é fazer uma viagem no tempo à China antiga. Suas pontes únicas, os rios de águas verdes e calmas e as árvores que se curvam sobre os rios tornam a cidade um lugar tranquilo para relaxar e desfrutar da maravilhosa paisagem.

Entre as quatro principais antigas water towns de Shanghai, o Riacho das Pérolas é a mais bem preservada de todas com suas pontes seculares, ainda muito bem conservadas, construídas durante as Ming e Qing.







Ali do outro lado do rio é um teatro de ópera chinesa tradicional.

 A impressão que se tem é que ninguém na cidade, nem mesmo os visitante,s tem pressa para nada. Todo mundo calmo. Acredito que contagiado pela atmosfera.



















A culinária local. Não deu tempo para descobrir o que era cada coisa. Só sei que isso vermelho era carne de porco e tinha também um famosíssimo tofu super fedorento. O cheiro é horroroso!

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Comemorando o Moon Festival

Ontem foi o Moon Festival. Fomos jantar, minha família e eu, na casa de uns amigos chineses. A casa deles é linda, do lado de um rio. Eles prepararam um churrasquinho no jardim e ainda fizeram caranguejo e camarões, uma tradicão no Festival da Lua.







Esse caranguejo é divino. Apesar de não ser cozido naquele monte de temperos que estamos acostumados a ver, ele fica delicioso! O grande barato dele é que a casquinha é molinha e dá para quebrar com a mão. Super fácil de comer!!!


Camarão gigante e delicioso!!!!

Um churrasquinho para matar a saudade do Brasil!

Nossos super amigos, Jannie e Zhoen e um moon cake gigante!





O moon cake era de nozes. Pelo menos não era nenhum recheio estranho....




E, finalmente, a lua tão esperada chegou!




terça-feira, 17 de setembro de 2013

A lenda do Mid-Autumn Festival e dos Moon Cakes


Na próxima quinta-feira, dia 19/09 acontece, aqui na China, o Mid-Autumn Festival. Nesse feriado as famílias se reúnem para apreciar a lua cheia, soltar lanternas no céu e comer moon cakes (, yuèbing ).

Como todo feriado chinês, o Mid Autumn também possui uma lenda para contar. Há muito tempo, na China antiga, existiam 10 sóis no céu, todos brilhavam ao mesmo tempo. As pessoas não suportavam o calor, as plantações e os animais estavam morrendo. Um dia, um bravo homem chamado Hou Yi levou seu arco e flecha para o topo da Kunlun Mountain e com sua extrema força atingiu e derrubou nove dos dez sóis.

Quando as pessoas souberam o que o guerreiro havia feito, vieram até ele para adorá-lo. Entre eles estava um homem chamado Peng Meng.

Anos mais tarde Hou Yi conheceu e casou-se com uma linda jovem chamada Chang'e. Certo dia, Hou Yi  passeando próximo a Kunlun Mountain encontrou a Rainha Mãe, Wang Mu, que o presenteou com um elixir. Tal poção daria, a quem a tomasse, a imortalidade. Não suportando a idéia de viver sem sua amada esposa, Hou Yi pediu que Chang’e guardasse o elixir com ela.

Um dia, quando Hou Yi saiu para um treinamento de guerra, Peng Meng foi até Chang’e e, com sua espada, a obrigou a entregar-lhe a poção. Chang'e, sabendo que não conseguiria vencer seu adversário, bebeu o elixir imediatamente. Assim que ela tomou a poção, tornou-se imortal e voou em direção à lua, uma vez que de lá poderia continuar vendo e admirando seu amado marido aqui na terra.

Para adorar sua esposa, Hou Yi colocou as comidas favoritas da amada, bolos e frutas, em um altar e essa se tornou uma cerimônia para Chang’e que em troca abençoa as pessoas com paz e fortuna.

Os moon cakes, ou bolinhos da lua, passaram então a fazer parte da tradição para homenagear Chang'e que em troca faz com que a lua fique mais bonita e brilhante durante o Festival.

A massinha do bolo é feita uma pasta de semente de lótus, gordura, açúcar e pode ter diversos recheios doces e salgados. Para ser bem sincera eu não gosto deles e nem nunca conheci quem gostasse. Nem mesmo os chineses. Parecem apetitosos e até teriam tudo para serem gostosos se não fossem os recheios. Normalmente eles são de gema de ovo de pata, o mais comum deles, pasta de feijão ou carne de porco doce. As versões que ainda são comíveis, na minha opinião, são as recheadas de frutas como o abacaxi e a tâmara, essas valem a pena. 

Aqui estão alguns bolinhos da lua que minha família e eu ganhamos: 


Esse veio em uma latinha super fofa e é de uma tradicional padaria de Shanghai.


Dez bolinhos da lua embalados aos pares.




São muito lindos, isso é verdade!



Este veio recheado de pasta de tâmara com gema de ovo de pata.


Esse outro veio em uma caixa super linda!

Os moon cakes vieram embalados individualmente em caixinhas que juntas formam o desenho da lua.



Esse parece de chocolate.....Acho que vou arriscar comê-lo!

Esse foi o meu preferido, do Four Seasons.

A caixa é maravilhosa.

E a tampa da caixa vira um porta-retrato lindérrimo!