terça-feira, 3 de setembro de 2013

Hagia Sophia


A Basílica de Santa Sofia, construída bem antes da sua vizinha Mesquita Azul, foi erguida pelo Império Bizantino entre 532 e 537 para ser a catedral da Constantinopla. Em 1453 deixou de ser catedral para virar mesquita e no ano de 1935 quando passou a abrigar um museu. Em 1985 tornou-se Patrimônio Mundial da UNESCO.

O nome da Basílica não é referência a nenhuma pessoa. A origem dele vem da palavra “sophos”que significa “sabedoria”. Portanto, “Hagia Sophia” quer dizer sabedoria sagrada.

Durante quase mil anos, Hagia Sophia foi a maior catedral do mundo!

Quando a Basílica deixou de ser igreja católica para se tornar mesquita, os sinos, o altar e os vasos sagrados foram removidos e os diversos mosaicos com imagens de santos foram cobertos uma vez que não são aceitos pelos mulçumanos.

Hoje, no interior da Basílica, é possível encontrar objetos de arte dos dois períodos religiosos, que permanecem expostos, lado a lado. É estranho, porém encantador, ver reunidos os mosaicos cristãos no domo da Basílica e os gigantescos medalhões que cobrem as paredes com escritas em árabe.

A Basílica é aberta aos turistas diariamente, exceto às segundas-feiras e o ingresso custa o equivalente a R$ 50,00. Para comprar os tickets de entrada é preciso enfrentar as enormes filas diárias. A quantidade de visitantes no interior da Basílica é impressionante, uma mistura de povos de todas as nacionalidades atestando o fato de Istambul está entre as cidades mais visitadas do mundo.

O obra de arte que mais me encantou foi o famosíssimo mosaico Dia do Julgamento que mostra Jesus sentado entre Maria e João Batista. Parte dele não existe mais, provavelmente devido ao fato de ter sido ignorado durante o período em que a Basílica deixou de ser catedral para se tornar mesquita e a obra teve que ser coberta. Ao lado do mosaico existe um quadro com o que seria o desenho da peça original.


Os charmosos lustres da Basílica



Quase um milagre! Eu, sozinha na foto, sem um milhão de turistas atrás!

O interior da Basílica todo decorado!

Aquele portal lá atrás foi incorporado durante o período em que a Basílica foi uma mesquita.

O contraste entre a imagem de Nossa Senhora e o Menino Jesus e os medalhões com inscrições em árabe.

O Dia do Julgamento




Outros mosaicos



Eu encontrei no You Tube um vídeo, que não é meu, e que mostra bem os detalhes do Dia do Julgamento.