terça-feira, 29 de abril de 2014

As Emblemáticas Vassouras de Palha de Shanghai

Curioso como Shanghai, uma cidade moderna e cosmopolita, consegue preservar umas tradições que devem vir de séculos passados.

Sempre me chamou atenção o uso das vassouras de palhas para limpar as ruas da cidade. Todo limpador de rua usa uma vassoura de palha artesanal. Tá, tudo bem, no Brasil também usamos ainda as nossas vassouras de palha, mas é no uso doméstico. Implementar a vassoura artesanal na limpeza urbana é afirmar que nada limpa tão bem quanto ela!

Não importa onde, podemos estar na via mais luxuosa da cidade, onde o aluguel do metro quadrado  custe alguns milhares dólares, sempre encontraremos a conservadora vassoura de palha. Muitas vezes, logo depois das vias serem varridas pela tradicionais vassouras, surgem os modernos caminhões que lavam o asfalto e a calçada. Muito paradoxal esse sistema de limpeza!

Se tivermos um pouco de sorte podemos encontrar uma vassoura fresquinha, onde a palha, ainda verde, está repleta de flores lilás! Uma graça! Procurei demais uma dessas nos últimos dias para fotografar e mostrar para vocês mas vou ficar devendo essa.

Por enquanto fiquem com as fotos das que fiz do pessoal que faz a limpeza do meu jardim e suas vassouras secas.







Essa foto não é minha, encontrei na internet. Escolhi ela só para mostrar as flores dos ramos que fazem a vassoura.

terça-feira, 22 de abril de 2014

Flores e nada mais

Parece que o frio decidiu nos deixar de vez e os primeiros sinais da primavera começam a chegar.

Na verdade a primavera começou já algum tempo, mas aqui em Shanghai tem chovido tanto que a sensação é de que ainda estamos no inverno!

A estação é muito rápida por aqui. As flores surgem da noite para o dia e somem na mesma velocidade! Meu jardim amanheceu colorido, então corri e tirei algumas fotos pois em alguns dias o cenário já vai estar bem diferente: tudo verdinho, mas nada de flores. Portanto, o post de hoje é dedicado somente a elas: as flores do meu jardim!






















terça-feira, 15 de abril de 2014

Split pants



Uma das primeiras coisas que chamam a atenção de qualquer ocidental em uma visita à China são os bebês. Não apenas por eles serem em sua maioria, fofinhos, bochechudos e gorduchos, mas por causa das roupinhas que eles usam.

Chinês que é chinês só veste o seu bebê com as split pants que são calças recortadas no fundo. A idéia é que o bebê, o mais cedo possível, comece a ter independência nas idas ao banheiro. Com o bumbum de fora, o normal é a criança se agachar na tentativa de resolver o assunto rapidamente sem a necessidade do suporte de um adulto.

Não que o bebê vá transformar qualquer lugar, sala, quarto, cozinha, parquinho, shopping, no seu banheirinho particular, mas ao se agachar ele sinaliza para o adulto que precisa ser levado ao banheiro.

Confesso a  vocês, que eu, mãe de três crianças, identifico vários pontos positivos nas split pants. Primeiro é que realmente funciona, apesar de nunca ter usado nos meus filhos vejo nos bebês por onde passo que eles são livres e independentes. Segundo, ZERO de assadura! Terceiro, para os que acham as split pants pouco higiênicas, digo que mais estranho é deixar o branquinho e fofinho bumbum do bebê em contato com toda a sujeirinha que ele faz.

Mas, existe, no meu ponto de vista, um ponto negativo que nunca me deixou usar na minha filhinha, quando ela era bebê aqui na China. O bumbum da criança fica totalmente exposto a tudo: frio, calor, poluição e olhares!

À propósito, as fotos do post não são minhas, encontrei na internet. Nunca tive coragem de tirar foto do bumbum do filho dos outros. Não queria que fizessem isso com os meus.

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Mimos da Ásia

Nas últimas semanas recebi uns presentinhos de amigos e do marido e trouxe para mostrar para vocês pois são típicos e muito comuns aqui na Ásia.

O primeiro deles (e o meu favorito) é um lindíssimo colar de pérolas. Para quem não sabe, comprar pérolas aqui na China é um excelente negócio! Existem de diversas cores, formatos, de água doce, salgada, com maior ou menor qualidade, mas, no geral, são sempre mais baratas que as encontradas pelo resto do mundo. Nesses meus quase cinco anos de China já comprei muita pérola para mim e para dar de presente e acabei aprendendo um pouquinho a identificar a qualidade de uma boa pérola, afinal aqui na China precisa entender sobre o assunto para não comprar gato por lebre! Essas que ganhei foram cor-de-rosa num colar com um fecho fofíssimo em formato de flor.







O segundo presente foi um casal de bonecos chineses que se costuma dar de presente quando se quer desejar boa sorte a alguém. Ganhei eles na versão bonequinho para cristaleira e num quadrinho para pendurar na parede.







O terceiro presente foi na verdade uma lembrança de viagem e não foi exatamente daqui da China. Uma amiga viajou para Índia e trouxe para mim um delicado elefante esculpido em mármore. Dentro do elefante tem também esculpido a mão um outro elefantinho bebê. Claro que esse também vai para a cristaleira!






terça-feira, 1 de abril de 2014

Goji berries


Logo na minha primeira visita a uma feira aqui na China, uma amiga me apresentou as Wolf berries. De cara não dei muita importância. Porém, recentemente, depois de ler maravilhas sobre a frutinha, resolvi incluir no meu cardápio e confesso que estou totalmente apaixonada!

Ainda não muito conhecidas no Ocidente, as wolfberries fazem parte do culinária oriental há milhares de anos. Só para se ter uma idéia dos poderes dessa frutinha, das 8.000 ervas e alimentos que fazem parte da Medicina Tradicional Chinesa, ela é a número 1 da lista!

Basta dar um google e buscar pelo nome da frutinha, Wolfberry ou Goji berry, como é mais conhecida no Ocidente, para ser bombardeado de informações sobre esse super alimento. Fácil de consumir e muito gostosa, aqui estão mais algumas razões para incluir essa maravilha do oriente no cardápio:

1. Promove a longevidade  
2. Aumenta a força e energia
3. Estimula a liberação do hormônio do crescimento, que por sua vez melhora o sono, a memória e reduz a gordura corporal
4. Reduz a pressão sanguínea
5. Reduz o mal colesterol
6. Controla os níveis de açúcar no sangue
7. Aumenta a libido
8. Ajuda a perder peso
9. Alivia dores de cabeça
10. Melhora a qualidade do sono
11. Melhora a visão
12. Fortalece o coração
13. Diminue as chances de doenças cardio vasculares
14. Melhora a imunidade
15. Previne o câncer (estudos sugerem que a frutinha mata muitos tipos de células cancerígenas)
16. Inibe crescimento de tumores
17. Reduz os efeitos tóxicos da quimioterapia e radiação
18. Fortalece o sangue
19. Combate inflamações e artrites
20. Protege o fígado
21. Restaura o equilíbrio hormonal minimizando sintomas da menopausa
22. Previne enjôo matinal em grávidas
23. Aumenta a fertilidade
24. Fortalece músculos e ossos
25. Regula o funcionamento dos rins
26. Ajuda na memória
27. Combate a tosse seca crônica
28. Alivia a ansiedade e o estresse
29. Melhora a digestão
30. Contém 21 minerais entre eles: zinco, ferro, cálcio e fósforo e vitaminas C, E, B1, B2 e B6.

Depois de ficar sabendo de tudo isso, não tem como ignorar a Wolfberry. 

Como consumir? Diretamente do pacote, ainda secas (as crianças adoram!), hidratá-las e transformá-las em suco, chás, vitaminas ou do meu jeito favorito, incluir na minha granola caseira!

O gosto? Acho que se transformassem uma seriguela docinha em fruta seca seria muito parecido!

Quantidade? 15g da frutinha seca, diariamente, já são o suficiente para se alcançar os efeitos medicinais. Para os meus filhos dou um punhadinho, do tamanho da mãozinha deles, para comer entre uma refeição e outra.

Valor calórico? Diferentemente do que se espera de uma fruta seca, a goji berry pode ser consumida sem preocupação. Uma colher de sopa da fruta possuem cerca de 50 calorias.

Essa é a embalagem do jeito que encontro no supermercado. Tem para vender a granel mas acho dessa forma mais higiênica.

E essa é a frutinha, já em casa, pronta para ser colocada na granola.