terça-feira, 15 de abril de 2014

Split pants



Uma das primeiras coisas que chamam a atenção de qualquer ocidental em uma visita à China são os bebês. Não apenas por eles serem em sua maioria, fofinhos, bochechudos e gorduchos, mas por causa das roupinhas que eles usam.

Chinês que é chinês só veste o seu bebê com as split pants que são calças recortadas no fundo. A idéia é que o bebê, o mais cedo possível, comece a ter independência nas idas ao banheiro. Com o bumbum de fora, o normal é a criança se agachar na tentativa de resolver o assunto rapidamente sem a necessidade do suporte de um adulto.

Não que o bebê vá transformar qualquer lugar, sala, quarto, cozinha, parquinho, shopping, no seu banheirinho particular, mas ao se agachar ele sinaliza para o adulto que precisa ser levado ao banheiro.

Confesso a  vocês, que eu, mãe de três crianças, identifico vários pontos positivos nas split pants. Primeiro é que realmente funciona, apesar de nunca ter usado nos meus filhos vejo nos bebês por onde passo que eles são livres e independentes. Segundo, ZERO de assadura! Terceiro, para os que acham as split pants pouco higiênicas, digo que mais estranho é deixar o branquinho e fofinho bumbum do bebê em contato com toda a sujeirinha que ele faz.

Mas, existe, no meu ponto de vista, um ponto negativo que nunca me deixou usar na minha filhinha, quando ela era bebê aqui na China. O bumbum da criança fica totalmente exposto a tudo: frio, calor, poluição e olhares!

À propósito, as fotos do post não são minhas, encontrei na internet. Nunca tive coragem de tirar foto do bumbum do filho dos outros. Não queria que fizessem isso com os meus.