quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Parque Guell

O Parque Guell, considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco, é mais uma obra de Gaudí e mais uma parada obrigatória em Barcelona.

O projeto inicial do parque era construir um condomínio de casas luxuosas em uma região privilegiada, com uma excelente vista e mais afastada do centro de Barcelona. No entanto, dificuldades na operacionalização da venda das unidades, problemas de urbanização da área e a falta de um transporte adequado inviabilizaram o projeto. A obra foi paralisada e, anos mais tarde, reaberta, em 1926, como parque público da cidade de Barcelona.

Os pontos altos da visita são: A Casa do Guarda, a Escadaria Monumental, onde se encontra o famosíssimo lagarto coberto de mosaicos montando guarda, a Sala Hipostila, com seu teto formado por cúpulas, os Jardins de Áustria, o Teatro Grego, a Rampa e o Pórtico da Lavadeira.

O Parque teve entrada gratuita até o ano de 2013. Hoje o ingresso custa cerca de 10 euros. Não tive dificuldade para comprar o meu, porém, a entrada no Parque é controlada e limitada. No ingresso existe o horário e tempo de permanência do visitante.

Vista do alto de uma das entradas do Parque



Do alto do Parque, na paisagem, surge a Sagrada Família




Sala Hipostila




Teatro Grego




Casa onde Gaudí morou durante a construção do Parque






A Rampa




A Casa do Guarda








Detalhes do mosaico no teto da Sala Hipostila


Pórtico da Lavadeira

Banco de mosaicos na parte superior da Sala Hipostila



Casa de Gaudí


Jardins de Áustria

Lizard and me