terça-feira, 21 de janeiro de 2014

A religião em Bali

Os balineses são muito religiosos e a manifestação dessa religiosidade se espalha e toma conta de toda a Ilha. É impossível não presenciar, mesmo que acidentalmente, como me aconteceu diversas vezes, os rituais diários no meio da rua ou eventos maiores que bloqueiam o trânsito.

Para algumas dessas ocasiões religiosas existem roupas típicas muito coloridas além de maquiagens super carregadas. Mas claro que isso são para os eventos mais importantes. Nas orações diárias eles normalmente vestem branco e fazem uma espécie de peregrinação que acontece pelas ruas, em qualquer horário, sem darem muita importância se vão ou não desorganizar ainda mais o trânsito. Aliás, de que importa o trânsito se você está em oração? E parece que todo mundo por lá respeita isso, sem stress, sem buzinas!

Outro sinal explícito da devoção do povo balinês são os Canang Saris, umas cestinhas feitas de palha, cheia s de frutas, flores, incensos e até dinheiro, que eles colocam literalmente em todo lugar! Toda casa, todo estabelecimento comercial tem o seu Canang Sari, que muitas vezes está no chão, nas calçadas, em cima dos muros, por todos os lugares!

Quando vemos todas aquelas coloridas cestinhas espalhadas pelas ruas, pensamos que elas são oferendas aos deuses indus. Sim, alguns são, as colocados nos muros, nos templos ou em lugares elevados são para os bons espíritos em agradecimento à prosperidade e à saúde. No entanto, os Canang Saris colocados no chão, nas calçadas são para os MAUS espíritos! Os balineses crêem que agradando os maus espíritos, com comida, flores e incenso, eles irão acalmá-los e não serão importunados.

Muito interessante ver como a população da Ilha é devota e leva à sério tudo isso, sem contratempos. Lembro de, à noite, voltando para o hotel, ter visto um homem, debaixo de uma chuva forte, renovando as oferendas das cestinhas e protegendo um incenso da chuva, enquanto fazia uma oração. A cestinha estava no chão! Dedicada aos maus espíritos! Então, não tem desculpa!

Por fim, mais uma curiosidade dos balineses. Levando em consideração o mesmo princípio dos Canang Saris, eles acreditam que quanto mais alto os lugares mais puros e mais bons espíritos virão. O mar, para eles, é de onde vem os maus espíritos, por isso os surfistas são vistos com respeito e admiração por serem corajosos de enfrentarem o mar! A localização de muitos templos, nas praias, tem por objetivo protejer Bali da entrada do maus espíritos vindos do mar.

Canang Sari

Uma procissão que surgiu do nada enquanto eu visitava o Tanah Lot Temple


Os corajosos surfistas que enfrentam o mar cheio de maus espíritos!



Roupas típicas para os eventos religiosos