quarta-feira, 10 de abril de 2013

Gripe Aviária na China - Shanghai


Aqui no blog, eu conto para vocês não somente das viagens que faço, mas também do meu dia-a-dia aqui na China.
 
Como muitas pessoas, parentes e amigos, aí no Brasil têm me perguntado sobre o assunto, resolvi escrever um pouquinho sobre o tema que está super em pauta: a Gripe Aviária.

Não estou aqui para dar dados e nem informações precisas sobre o tema, pois nem mesmo os tenho. Vou contar para vocês apenas o que tenho visto nas ruas e nos noticiários e como nós, moradores de Shanghai, estamos convivendo com tudo isso.

Os notíciários têm dado grande cobertura ao assunto e o que sabemos através deles é que cerca de 28 casos de infecção pelo vírus H7N9 já foram confirmados no país. Entre eles nove pessoas faleceram e 4 permacem doentes. Portanto existem casos de doentes que se curaram, entre eles está o de um garotinho de 4 anos que foi tratado num hospital infantil, como paciente de gripe comum, e teve alta. Uma excelente notícia! Em todos os casos confirmados da doença, a transmissão ocorreu entre ave-humano, ainda não sendo constatado se o vírus é capaz ser passado de um humano para outro.

Meus filhos estudam em uma escola internacional e lá eles já elevaram o nível de precaução levando em consideração que já estaríamos vivendo uma epidemia, o que, graças a Deus, não é o caso. Na escola somente pais, alunos, professores e funcionários podem entrar, sendo vetada a entrada de fornecedores, principalmente aqueles que fazem o abastecimento dos alimentos na Escola. A Escola também cortou do cardápio, frango, ovos e qualquer outra ave. Fomos também orientados a reforçar com as crianças as rotinas básicas de higiene para prevenir a transmissão caso seja constatado o contágio da doenças entre humanos.

Enquanto a Escola radicalizou, para minha sorte de mãe super estressada e preocupada com meus pequenininhos, nas grandes redes de supermercados, frangos e ovos continuam a ser vendidos normalmente.

Mesmo estando super angustiada com esse perigo em potencial, confio e vejo o governo chinês como muito eficiente em casos como este, onde tenha que se agir rápido, tomando medidas radicais. Os mercados aqui de Shanghai, onde as aves são vendidas vivas, foram fechados e mais de 20 mil aves, entre galinhas, patos e pombos foram capturados, abatidos e enterrados. A vacina contra o vírus também já está sendo desenvolvida.

Vamos torcer para que tudo fique bem, e logo!