quarta-feira, 24 de abril de 2013

Santorini, Grécia


Santorini era anteriormente conhecida como Kalliste que em grego significa “a mais bela”. Sem dúvida a ilha justifica o nome que carregava.

Tenho comigo um princípio, quando viajo, que se o acesso é difícil, com certeza a paisagem será recompensadora. Assim que chegamos no minúsculo porto de Santorini descobrimos que precisaríamos ou pegar um teleférico que subia praticamente na vertical, ou alugar mulas para nos levar até onde a cidade de fato acontece. Optamos pelo teleférico, mais rápido e sobraria mais tempo para conhecermos a cidade.

Santorini está localizada na região onde aconteceu a maior erupção vulcânica da história, considerada por alguns como responsável pelo desaparecimento de Atlântida. A história vulcânica violenta da ilha está impressa nas praias de areia negra, nas moradias danificadas por terremotos e nos penhascos íngremes de lava que mergulham no mar azul escuro do Mediterrâneo .

A visita a Santorini vale a pena a cada passo da caminhada pelas tortuosas ruas de pedras. As erupções vulcânicas na região criaram praias de paisagens únicas e incrivelmente belas, com areia escura e águas cristalinas.  Tudo isso somado às casas caiadas de branco penduradas em rochedos vulcânicos tornam a ilha extraordinariamente linda.